‘Enchente’, um livro para o momento do desfralde

Capa do livro Enchente

Na hora da brincadeira, a fantasia é mais real do que qualquer necessidade – inclusive a de fazer xixi! É dessa observação sobre o universo infantil que nasceu o livro Enchente.

Os adultos não entendem por que as crianças não podem largar os brinquedos só por alguns minutinhos. A verdade é que, para elas, aquele universo é muito mais importante e urgente… como é o caso de Pedrinho.

Em Enchente, conhecemos um menino que está concentrado, construindo uma cidadezinha com seus blocos de montar. Sua mãe o lembra constantemente de que ele já não usa mais fralda e precisa ir ao banheiro para evitar um acidente.

Como Pedrinho não escuta a mãe, o resultado é uma chuva forte sobre a cidade, o que dá o título do livro. Confira o trailer abaixo.

Do que trata o livro?

Enquanto as crianças estão brincando, elas constroem o próprio mundo, e o livro Enchente aborda esse momento que é tão trabalhoso para pais e mães.

Afinal, quem nunca teve dificuldade de tirar as crianças de algo que elas gostam para uma atividade pouco interessante? Isso inclui almoçar, tomar banho, escovar os dentes, dormir e, claro, ir ao banheiro.

O livro foi escrito por Iusta Caminha e ilustrado por Juliana Basile. As autoras valorizaram a perspectiva das crianças e permitiram enxergarmos a brincadeira pelos olhos delas.

Tino Freitas, um dos principais nomes da literatura infantojuvenil contemporânea, foi quem recomendou o trabalho ao Grupo Lê. É ele quem resume a obra perfeitamente na contracapa:

“Este livro é feito brincadeira que a gente gosta tanto, mas tanto, tanto, que brinca, brinca, brinca e não vê o tempo passar.”

Conheça Iusta Caminha, escritora de Enchente

Cachorro e menino apertado para fazer xixi montando torre com bloquinhos. Página 5 do livro Enchente.

Iusta Caminha é professora do curso de Medicina na Universidade de Fortaleza (Unifor). A proximidade com a literatura veio da vontade de montar um projeto beneficente que unisse o útil ao agradável.

Inicialmente, sua intenção era vender seus livros para arrecadar fundos para instituições de Fortaleza de apoio a crianças e adolescentes.

Depois de conseguir patrocínio com empresas e parcerias com ilustradores, ela viabilizou a coleção Lições ilustradas, que conta com outros oito títulos.

A escritora revela que se surpreendeu com o sucesso do projeto, uma vez que ela não vem da área literária.

Iusta conta ainda que a paixão pelo universo infantojuvenil veio depois do nascimento dos filhos. Eles, por sua vez, adoram, dão gargalhadas e acompanham as brincadeiras e histórias que a mãe cria.

Ela considera seus livros como uma forma de compartilhar as aventuras para além dos muros de sua casa. A autora ainda brinca que sempre se encantava mais pelos livros infantis do que seus filhos:

“Os meninos já estavam brincando com outras coisas e eu continuava com os livros deles.” Sobre Enchente, ela confessa: “Sou mais parecida com Pedrinho do que com a mãe dele.”

Conheça Juliana Basile, ilustradora de Enchente

Mãe segurando caixa dando mão ao filho. Segunda capa do livro Enchente.

Juliana Basile conta que a inspiração para ilustrar Enchente foi a sua própria infância: “Lembro da sensação maravilhosa de entrar profundamente nas histórias imaginadas.”

Assim como Iusta, ela se identifica com Pedrinho. Afinal, os universos que criava quando era criança eram tão instigantes que era difícil parar a brincadeira.

Desde pequena, a artista tem atração pelas narrativas visuais, ou seja, as histórias que as imagens contam. Em Enchente, ela explorou os contos clássicos, o que deu novas camadas ao texto, levando-o para outros caminhos.

A ilustradora conta que foi se deixando levar pelo trabalho e, com isso, as histórias paralelas foram surgindo. Essas histórias contidas nas imagens estimulam as crianças a explorarem o livro para procurar os detalhes.

Juliana acredita que é importante que os adultos entendam o valor e até mesmo se envolvam nas brincadeiras das crianças.

Isso pode ser conferido nas imagens de Enchente, onde podemos vera mãe fazendo parte da brincadeira, sem sequer se dar conta disso.

A seguir, confira um bate-papo com as autoras do livro.

Leia o livro na íntegra agora mesmo!

O livro Enchente foi publicado pelo selo A Semente, dedicado a obras para a primeira infância. Todos os livros da Lê para essa faixa etária têm bordas arredondadas, e o texto é escrito em letras grandes e em caixa alta.

Se você já tem cadastro em nosso Portal do Educador, já sabe que tem acesso a uma série de vantagens. Uma delas é poder conferir o livro na íntegra, para que você possa analisá-lo melhor antes de adotar em sua escola ou biblioteca.

Por isso, se você ainda não faz parte do nosso Portal do Educador, clique no botão abaixo e cadastre-se gratuitamente. E tem mais: durante o mês de outubro, utilize o cupom com o código ENCHENTE para levar o livro com frete grátis!