Luís Dill

Luís Dill

Luís Dill nasceu em Porto Alegre, no outono de 1965. Passou a se interessar por livros muito cedo, antes mesmo de saber como lê-los. Adorava imaginar aventuras.

Na época da escola arriscou suas primeiras histórias nas últimas páginas dos cadernos escolares. Enquanto isso, lia muito e de tudo, de poesia a jornal, de romance a bulas de remédio. O sonho era ser escritor.

Formou-se em Jornalismo pela PUC/RS, atividade que exerce até hoje na capital
gaúcha.

A estreia como escritor ocorreu em 1990, com a novela policial juvenil A Caverna dos

Diamantes. A partir de então, não parou mais de publicar (hoje são mais de 40
livros, além de participações em diversas coletâneas). Eventualmente, colabora em
jornais, revistas e sites.

Já recebeu diversos prêmios literários.

Recebeu o Açorianos de Literatura na categoria Conto, com o livro Tocata e Fuga
(Bertrand Brasil), e na categoria Juvenil, com De carona, com nitro (Artes e Ofícios) e
Decifrando Ângelo (Scipione). Conquistou o prêmio Livro do Ano da Associação Gaúcha dos Escritores na categoria Poesia, com o livro Estações da poesia (Positivo). Também foi laureado com o terceiro lugar do prêmio Biblioteca Nacional na categoria Juvenil com o livro O estalo (Positivo).

Em sua atividade de escritor, participa de feiras do livro e de variados tipos
de encontros literários em escolas e universidades. Luís Dill considera o leitor
um dos principais elementos da literatura.

Visite o site: www.luisdill.com.br

Livros do(a) Autor(a) e Ilustrador(a)